Javascript must be enabled to use all features of this site and to avoid misfunctions
Mali - Size Explorer - Compare o mundo
HOME
Selecione a categoria:
Países
Selecione a categoria
NEW

Publicidade

Cancelar

Pesquisar em
Close
share

Mali


Mali arrow_drop_down
Seleccionar... arrow_drop_down
Alterar

Mali

Área do terreno 1,220,190km²
Área do terreno + Zona marítima
População 14,517,176
Densidade da população 11.9 / km²

Informações

O Mali ou Máli, oficialmente República do Mali, é um país africano sem saída para o mar na África Ocidental. O Mali é o sétimo maior país da África. Limita-se com sete países, a norte pela Argélia, a leste pelo Níger, a oeste pela Mauritânia e Senegal e ao sul pela Costa do Marfim, Guiné e Burquina Fasso. O Mali tem uma área de 1 240 000 km² e a sua população é estimada em cerca de 19 milhões de habitantes. A capital do país é Bamaco. Formado por oito regiões, o Mali tem fronteiras ao norte, no meio ao Deserto do Saara, enquanto a região sul, onde vive a maioria de seus habitantes, está próximo aos rios Níger e Senegal. Alguns dos recursos naturais no Mali são o ouro, o urânio e o sal. O atual território do Mali foi sede de três impérios da África Ocidental que controlava o comércio transaariano: o Império do Gana, o Império do Mali (que deu o nome de Mali ao país), e o Império Songai. No final do século XIX, o Mali ficou sob o controle da França, tornando-se parte do Sudão Francês. Em 1960, conquistou a independência, juntamente com o Senegal, tornando-se a Federação do Mali. Um ano mais tarde, a Federação do Mali se dividiu em dois países: Mali e Senegal. Depois de um tempo em que havia apenas um partido político, um golpe em 1991 levou à escritura de uma nova Constituição e à criação do Mali como uma nação democrática, com um sistema pluripartidário. Quase a metade de sua população vive abaixo da linha de pobreza, com menos de 1 dólar por dia. No dia 18 de agosto de 2020, Mali sofreu um golpe de Estado, liderado pelas forças armadas da nação. No dia 19 de agosto, o então presidente Ibrahim Boubacar Keïta renunciou ao cargo.

Fonte: Wikipedia