Javascript must be enabled to use all features of this site and to avoid misfunctions
Ashgabat vs. Nome - Comparação de tamanhos
HOME
Selecione a categoria:
Cidades
Selecione a categoria
NEW

Localização Ashgabat Nome

Publicidade

Cancelar

Pesquisar em
Close
share
Ashgabat
Nome

Ashgabat vs Nome

Ashgabat
Nome
Alterar

Ashgabat

Estado

País

Turkmenistan
Capital
População 909,000

Informações

Asgabate, Asgabade, ou Ascabade (em turcomeno: Ашхабад (Aşgabat, pronunciado: [aʃʁaˈbat];) em persa: عشق آباد; em russo: Ашхабад (Ashkhabad pronunciado: [ɐʂxɐˈbat]); literalmente: "cidade do amor"; antigamente conhecida por Poltoratsk entre 1919 e 1927) é a capital política e maior cidade do Turcomenistão desde a Dissolução da União Soviética.



Em 2012, Asgabate tinha uma população de 1.031.992 de habitantes. A cidade é situada entre o deserto de Kara Kum e a Serra de Kopet Dag e tem uma população principalmente formada pelo povo turcomeno, com minorias étnicas de russos, armênios e azeris. Ela fica a 250 km da segunda maior cidade do Irã, Mashhad.

Fonte: Wikipedia
Alterar

Nome

Estado

País

Capital
População 3,806

Informações

O Nome (do latim nōmen, cuja raiz é comum a várias outras línguas indo-europeias, como o grego; [ὄνομα]) é - num sentido amplo na gramática e na linguística - qualquer palavra que siga a flexão nominal, ou seja, a declinação em contraposição à flexão verbal (ou conjugação). Portanto, não só substantivos, mas também adjetivos e, por vezes, as formas nominais dos verbos, podem ser considerados nomes. No sentido restrito e no uso comum, o nome é um vocábulo ou locução que tem a função de designar uma pessoa, um animal, uma coisa ou um grupo de pessoas, animais e coisas. Acredita-se que antes mesmo da invenção da escrita, os seres humanos já se faziam valer de imagens e sons para denominar coisas e seres, prática que remonta aos primórdios da história da humanidade. A evolução da linguagem permitiu que fossem criados nomes para designar conceitos abstratos tais como "tempo", "amor", "feudalismo" e "Deus", por exemplo. A questão do nome como designador de um conceito universal tal qual "cavalo" para certas pessoas não é tão simples como parece.



Em filosofia, a questão dos universais está na origem da querela entre nominalistas e realistas, havendo também os realistas moderados (a corrente do realismo moderado foi defendida por são Tomás de Aquino, chamado de Doutor Angélico, e é defendido pela Igreja Católica Apostólica Romana), que tiveram muita importância na Idade Média, embora sejam pouco conhecidos e divulgados devido ao preconceito para com a Idade Média.De acordo com a semiótica, um nome é um signo em que o significante é a imagem acústica da palavra falada ou a representação gráfica da palavra escrita, e o significado é conceito do objeto ao qual esta palavra remete. Este signo pode atuar como símbolo (quando se refere a uma universalidade; ex.: "rei" --- todo e qualquer rei), como índice (quando se refere a um elemento ou indivíduo; ex.: "Luís XV" --- e não qualquer rei) e também como ícone (quando se refere a uma ideia geral; ex.: "coroa" --- ícone que indica o símbolo "rei"). Obviamente, a função semântica e sintática de um nome pode variar de acordo com o contexto.

Fonte: Wikipedia

More intresting stuff